É fake que Facebook, Instagram e WhatsApp ficaram ‘off’ para não postarem imagens de Suzano

Começou a circular nas redes sociais e também em grupos do WhatsApp, que estava tudo fora do ar porque o Facebook queria impedir os usuários de compartilhares fotos e vídeos mostrando as cenas horríveis no massacre da escola Raul Brasil em Suzano, São Paulo. O Facebook não estava abrindo para a maioria dos usuários e quando alguém conseguia acessar, reclamava de lentidão.