Gêmeos morrem no mesmo dia, com três horas de diferença, em Umuarama

Os gêmeos Adão Natal de Lima e Natal Aparecido de Lima, gêmeos univitelinos, morreram com poucas horas de diferença, em dois hospitais diferentes, nesta terça-feira (19), em Umuarama, no noroeste do Paraná. Ambos sofreram um ataque cardíaco e não resistiram aos sintomas.

Gêmeos univitelinos morrem no mesmo dia

No último sábado, dia 16, Adão foi o primeiro a dar entrada o hospital após passar mal no recanto. Dois dias depois, Natal foi internado com o mesmo quadro clínico. “Adão estava mais fraco, foi reanimado e somente depois que Natal morreu, Adão faleceu”, contou o irmão dos gêmeos. Os dois moravam em um asilo em Alto Piquiri, também na região noroeste do Estado.

A repórter Beatriz Frehner foi até o recanto onde os irmãos moravam, confira!

Primeiro a nascer foi o primeiro a morrer

Adão e Natal nasceram no dia 25 de dezembro de 1965 e, por serem univitelinos, são derivados da mesma placenta. Os irmãos sofriam de hipertrofia muscular e estavam com o coração inchado no dia 19 de março -no dia da morte. De acordo com familiares, o primeiro a sair do útero foi Natal e, como ironia do destino, ele foi o primeiro a falecer. Depois de três horas, Adão também morreu.

“Adão sabia que Natal tinha ido para o hospital, mas Natal não sabia do que estava acontecendo. Nunca imaginamos que isso iria acontecer”, declarou o irmão.

O Recanto Amizade, onde Adão e Natal moravam, existe há aproximadamente 30 anos e os irmãos chegaram no local em 2016. A família é de Nova Esperança, mas se mudaram para Curitiba quando os gêmeos eram pequenos. No total, eles eram em seis irmãos. Um deles se mudou para Umuarama por causa do trabalho e resolveu trazer Adão e Natal, por conta dos cuidados que os dois precisavam.

FONTE:>>>https://pr.ricmais.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *